Ceda à sede.

Beba-me,
me engole.
Traga-me,
me acolhe.
Ceda
à sede de,
gole em gole,
se entorpecer do viver.
____________________
Marco Paschoal

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ser Ilha!

Pra você.