Se solta.

Te dou um beijo,
na boca...
sem dó,
na marra,
pra ver se algo acontece,
nesse corpo guardado
e sem pecado pra mim.

Vai...
agora, 
na hora do banho,
pelo menos tenta,
se atenta?
Pensa!
Deseja!

Quem sabe você goste...
quem sabe você goze.

Se riu,
se solta...
vá logo,
se toca.

Pense na minha vontade juvenil,
de seduzir você.

Tomara que consiga,
e que vire vicio...
pois meu vicio,
é atentar você!
----------------
Marco Paschoal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ser Ilha!

Pra você.