Ver-te triste.

Você sempre reclama,
em verso e prosa declama
que te falta um amar.

Eu,
quieto ouço seu drama,
pois sei o quanto ama
essa vontade de ser amada.

Mas [...] não guarde não!

Sai dando por aí...
esse seu amor guardado.

Dá pra quem quiser...
esse afeto acumulado.

Quem sabe te cura
desse carinho que te falta,
desse desejo que  lhe pauta,
dessa vontade que até vira ódio,
de tanta falta do querer em par estar.

Só não fique assim,
nua de vida,
com esse olhar sem horizonte,
desprovida dos desejos
de apostar,
de tentar,
de errar.

Vai...dá logo!!! esse olho brilhando
pro mundo. 
-------------------------
Marco Paschoal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pra você.

Ser Ilha!