Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 16, 2013

Grato.

Então você reclama: Do amor que nunca vem, do amor que sempre desdém, da dor que se tem, do rancor quando se veem, da claridade do dia, da noite e a melancolia, da música e melodia, do choro claro de dor, do riso fácil: - Que horror! das amizades perdidas, das falsidades queridas... Mas nunca é grato: Ao amor que se foi, aquela dor que cessou, ao rancor que findou, a luz do sol que irradia, a linda noite tranquila, da música e poesia, do choro libertador, do riso contagiante, das amizades de antes... Seja grato, por favor. _/\_ --------------------------- Marco Paschoal