Peito aberto.

De repente...
você coloca a casca,
se fecha,
coloca a máscara.

Se defende até,
de quem não te agride,
se afasta até,
de quem te adora.

Mas foi por quem te odeia,
que você pôs essa crosta,
a culpa toda,
é de quem não te gosta,
fez você acreditar nessa aposta,
que o mundo é duro, frio...
que ninguém se gosta.

Pura mentira!
Agora é a hora,
retroceda,
não entra nessa,
é pura perda!
Pois quem vale mesmo,
é quem te gosta,
quem em você,
aposta,
quem te dá o coração,
não as costas.
Quem te ama,
de peito aberto.
Quem te quer sempre,
por perto.
Quem quer essa sua alma,
exposta,
quer ver o seu carinho,
à mostra.

Por isso,
mude já,
essa sua ira!
Esqueça aquela,
pessoa fria.

Pense sempre,
em quem te aquece.
Lembre bem,
de quem não te esquece.
Tenha sempre,
em suas preces,
aqueles,
que fazem com que seu coração,
apresse,
com um olá,
com um olhar,
com um tocar,
com um falar,
ou até,
com um lembrar...
Mas faça isso já,
pois vocês sim,
se merecem.

Marco Paschoal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ser Ilha!

Pra você.