Te rogo uma praga!

Te rogo uma praga!

Por onde andar,
em quem tocar,
com quem falar,
para quem olhar...
o amor por você irá brotar.

De seu corpo,
um doce e apimentado aroma vai exalar
e por onde passar
os desejos mais sórdidos
com você vão pensar,
famintos libidos
por ti imaginar,
desejos profanos,
vão lhe contar,
cantadas bem sujas,
te sussurrar.

Mas o fim deste conto,
ninguém ouvirá,
se houverem escritas,
irão se apagar,
mas sua memória te lembrará...
e todo seu corpo se contorcerá
pedindo um toque,
que nunca virá,
pois a praga vem agora:

Vai só se arrepiar!
--------------------------

Marco Paschoal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pra você.

Ser Ilha!